A recente popularização de displays imersivos reacendeu o interesse pela realidade virtual. Esse movimento foi acompanhado pela explosão de outras formas de captura e exibição de imagens volumétricas, tais como o escaneamento 3D e o vídeo 360o. Tais sistemas, muitos dos quais criados para possibilitar a percepção computacional, agora informam outros tipos de observadores. O modo como são aplicados em campos que vão desde as redes sociais até a preservação de patrimônio e a medicina protética indica seu amplo impacto em ontologias espaciais futuras.

A sétima edição da conferência Besides the Screen busca enquadrar essas recentes tendências de imagem volumétrica na longa história que liga a geografia à óptica. Tomando o cinema como ponto de partida, o evento pretende explorar como o espaço e a imagem deram forma um ao outro em diferentes meios e sistemas culturais, traçando as relações de poder que provocam a emergência de subjetividades topológicas.

Além da programação acadêmica de palestras e painéis, o evento em Vitória conta com performances, projeções, mostras de arte e vídeos 360. A inscrição para participantes é gratuita e pode ser feita aqui.

A conferência se expande numa série de cursos e palestras ao longo dos meses de Maio e Junho no SESC Belenzinho, em São Paulo.